AS 10 NOTÍCIAS MAIS LIDAS

CLIQUE AQUI

OS 10 VÍDEOS MAIS VISTOS

CLIQUE AQUI
Imprimir

Ex-senador é preso suspeito de abuso sexual e posse de pornografia infantil

Publicado .

Nezinho Alencar e uma mulher foram detidos pela Polícia Federal.
Prisões foram feitas na manhã deste sábado em Guaraí, região central do TO.

O ex-senador Nezinho Alencar, de 67 anos, foi preso neste sábado (23) durante a operação Confiar. Segundo informações da Polícia Federal, ele é suspeito de abusar sexualmente de duas crianças, de oito e seis anos. A mulher dele, que não teve o nome divulgado, também foi presa.

Imprimir

Senado estuda horários alternativos para prova de concursos

Publicado .

Mais um projeto de lei do senador Magno Malta para beneficiar dois milhões de brasileiros.



Jornal A Tribuna

Imprimir

Melhor Filme de 2015 revela o triste quadro da pedofilia para o mundo e cita cidades brasileiras

Publicado .

Spotlight, que conta a história dos jornalistas do Boston Globe que denunciaram uma complexa rede de pedofilia na arquidiocese da capital do Estado americano de Massachusetts e eleito pelos críticos o melhor filme de 2015, estreou na semana passada, denunciando para o mundo uma triste ferida no coração do Brasil: Rio de Janeiro, Franca, em São Paulo, Mariana, Minas Gerais e Arapiraca em Alagoas. “Estas quatro cidades são citadas em virtudes de casos emblemáticos, que foram investigados pela CPI da Pedofilia e terminaram com o rigor da justiça , mas os abusos contra as crianças brasileiras são grotescos, com até turismo sexual no nordeste e na Amazônia”, disse senador Magno Malta, procurado ontem pela  imprensa nacional.

A Sociedade Nacional de Críticos de Filme dos Estados Unidos (NSFC, sigla em inglês) elegeu Spotlight - Segredos Revelados como o melhor longa de 2015, para reviver o cinema denúncia e trazer para o debate um velho drama que muitas vezes está escondido nos lugares mais importantes da comunidade. “ Spotlight lembra com exatidão a investigação que fizemos em Arapiraca, no interior de Alagoas. Meninos entravam para o seminário, eram abusados, cresciam e viravam abusadores, Era um ciclo grotesco. Realizei como presidente da CPI da Pedofilia uma audiência pública no Tribunal de Justiça da pequena cidade e dei voz de prisão para dois monsenhores, autoridades importantes da igreja católica. Foi uma comoção. Um padre, pediu delação premiada e revelou toda a história de abuso contra crianças que já vinha acontecendo há anos”, recordou Magno Malta.

Imprimir

Sindicato dos Inspetores Penitenciários pede apoio ao senador Magno Malta para novas contratações

Publicado .


O Espírito Santo tem três mil agentes penitenciários para cuidarem da integridade de 20 mil presos. Assim, diretores do sindicato da categoria esteve no gabinete do parlamentar pedindo para interceder junto ao governo do Estado para a contratação imediata de 500 suplentes concursados. “Já fiz contato com o governador Paulo Hartung e estamos organizando uma agenda para tratar desta pauta o mais rápido possível”, disse Magno Malta.

A advogada dos suplentes, Renata Araújo, acompanhada do empresário Idalécio Carone Filho, de Jakson Calazans, coordenador do sindicato e Wilker Kaiser, inspetor da Confederação nacional pediram ao senador urgência para acabar com o déficit quantitativo, pois pela legislação, os suplentes tem direito a vaga. “O Brasil atravessa um momento de crise política, mas o sistema penitenciário merece uma atenção do governo”, disse Renata.

Imprimir

Crime virtual, violência real

Publicado .

“Uma seqüência de fotos mostra ela acorrentada sendo violentada. A mão dela está totalmente roxa. Deveria estar há um dia amarrada para ficar nesse estado. A sensação é que a alma daquela criança já não está mais ali”

Estas imagens mudaram a vida de Anderson e Roseane; eles estavam conversando em uma sala de bate-papo quando as imagens surgiram na tela do computador. As imagens mostravam uma menina de 6 anos sendo estuprada. Chocados, criaram em 1998 o site Censura.com.br. Com denúncias na internet, tiveram o apoio da Secretaria Especial de Direitos Humanos (Sedh) do Governo Federal e a adesão de internautas do mundo todo, o site deu origem à Campanha Nacional de Combate à Pedofilia online.

Imprimir

STF decide que pedofilia na internet é crime federal

Publicado .

Corte negou recurso que pedia devolução à Justiça Estadual de um processo contra acusado de divulgar imagens de sexo entre jovens

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que divulgar imagens de pedofilia na internet é crime federal. Por 8 votos a 2, a Corte negou um recurso da Defensoria Pública Federal de Minas Gerais que solicitava a devolução à Justiça Estadual de um processo contra um homem acusado por divulgar imagens de jovens praticando sexo explícito. Como a decisão tem repercussão geral, ela servirá de jurisprudência para ações com o mesmo teor.