AS 10 NOTÍCIAS MAIS LIDAS

CLIQUE AQUI

OS 10 VÍDEOS MAIS VISTOS

CLIQUE AQUI
Imprimir

Magno Malta explica para comunidade acadêmica as falhas do sistema de ressocialização de menores

Publicado .

 Em acalorado debate, nesta manhã de sábado, no Campus da Faesa, em Vitória, para plateia de estudantes de 31 cursos, com disciplinas de sociologia e filosofia, senador Magno Malta afirmou que não é dono da verdade e respeita todos pontos de vista, mas que não existe argumento contra a triste realidade que assusta a população, que anseia pela redução da maioridade penal. “vocês deveriam  ouvir o drama das ruas, devemos sair das salas e buscar a realidade nas lágrimas das mães que sentem a dor pelo sofrimento do filho no mundo das drogas, do crime e nas celas superlotadas”.
 
Senador Magno Malta, que usa a linguagem do conhecimento empírico e da vivência amadurecida no parlamento, há mais de 30 anos, combatendo às drogas, a pedofilia e todo mal que ameaça a estrutura familiar, debateu com a graduada em Serviço Social e Mestre em Educação, Ana Petronetto, diretora do IASES – Instituto de Atendimento Sócio Educativo do Espírito Santo, respondeu perguntas e declarou que ninguém tem a verdade, mas todos devem debater o tema, pois só a redução da maioridade penal não diminui o caos. “Nada é tão bom que não precisa ser revisto, é o caso do Estatuto da Criança e do Adolescente –ECA-“, alfinetou Magno para espanto dos jovens acadêmicos, que ovacionaram com clamor.

Imprimir

Magno Malta participa de debate na FAESA sobre Redução da Maioridade Penal no Brasil

Publicado .

O evento será realizado neste sábado (25), com a participação do Senador da República Magno Malta (PR/ES)  e a Diretora Presidente do IASES Ana Maria Petronetto Serpa.”Será uma boa oportunidade de mostrar para os acadêmicos a necessidade da humanização nas  unidades Socioeducativas que estão formando marginais e com alto índice de reincidência. Eu tenho proposta social para este caos”, disse Magno Malta.

A pauta polêmica que está tramitando no Congresso Nacional será tema de debate na FAESA, em Vitória, com o Senador da República Magno Malta e a Diretora Presidente do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (IASES) Ana Maria Petronetto Serpa.

Imprimir

Para Magno Malta fenômeno da erotização de crianças começa no ambiente familiar

Publicado .

Afirmação do senador Magno Malta (PR/ES) presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família, foi dada na noite de segunda-feira, no programa Superpop, da REDETV, apresentada por Lucina Gimenez, que pautou o ritmo funk para público infantil fazendo apologia ao sexo, drogas e violência. “A erotização de crianças no Brasil é tão absurda que tem sido motivada pelos próprios pais em busca da fama precoce para meninas e meninos com letras pesadas”, disse Magno.
 
Segundo o senador, este tipo de procedimento que expõe crianças, desde quem fez a música, filmou, contratou e os pais devem responder de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente. “É crime e todos devem responder perante a lei”, enfatizou Magno.

Imprimir

Magno Malta quer proibir ritual de morte de indígenas com deficiências

Publicado .

Tramita na Comissão de Direitos Humanos do Senado  PLS 06/200,  de autoria do Senador Paulo Paim (PT/RGS)  que institui  o Estatuto da Pessoa com Deficiência, chamado de Lei Brasileira de Inclusão.   Senador  Magno Malta (PR/ES)  apresentou  emenda para proibir no Brasil a chamada cultura indígena de eliminar com sentença de morte  os portadores de deficiência física ou mental. “Infelizmente, em pleno 2015, no Brasil, temos mas de 300 etnias e ainda cerca de 20 ou 30 povos, em nome da cultura,  são obrigados a eliminar seus membros, em especial as crianças e adolescentes,  quando estes apresentam alguma deficiência. Um absurdo, verdadeiro crime”, lamentou Magno

Quando o Projeto de Lei foi apresentado em 2003, o Congresso Nacional não tinha dados, elementos e informações precisas sobre as ocorrências de infanticídio e homicídios,  em algumas áreas indígenas por motivação cultural. “O debate iniciou-se, quando matérias jornalísticas passaram a ser exibidas em rede nacional. A pauta despertou os povos indígenas, o que levou, inclusive, ao rompimento do silêncio e pediram providências.” Recordou Magno.

Imprimir

Pedofilia, estupro e vídeos pornôs

Publicado .

Se o estupro dá IBOP, se a pornografia está em alta, se a pedofilia tem praticantes ferrenhos, se vídeos eróticos usando crianças têm milhares de acessos...  Então, as pessoas estão em baixa. Serão seres inferiores, animalizados, obscenos, imundos, nojentos, desprezíveis, execráveis e muito antiéticos...

Há também pessoas muito centradas, ditas humanas, racionais, abastadas, importantes, influentes, atuantes, confiáveis que se valem da mídia e da tecnologia para captar, divulgar e vender imagens pornográficas e pedófilas utilizando crianças...

E dizemos por vezes, que tais pessoas parecem animais...

Ao compará-las aos pobres animais irracionais, estamos depreciando e rebaixando os sábios e corretos bichos.

Imprimir

Magno Malta vai solicitar ao ministro da Justiça para reclassificar novela Babilônia para 16 anos

Publicado .

"Não quero tirar do ar. Nem tirar as personagens. Só acho que eles pesaram a mão. Hoje, segunda-feira, enviarei ofício para o ministro da Justiça para reclassificar para 16 anos. Eu não quero minhas filhas vendo duas senhoras homossexuais se beijando. São cenas muito pesadas para aquele horário." Explicou senador Magno Malta, para o jornal eletrônico UOL, que promove a novela da Rede Globo como entretenimento.

Senador Magno Malta, presidente da Frente Parlamentar Mista Em Defesa da Família Brasileira, afirma  que “ninguém é obrigado a assistir nenhum programa e que a educação dos filhos é responsabilidade dos pais, mas acha que uma concessão pública de TV deve ser fiscalizada. Trinta segundos de novela destroem anos de educação em casa." Avaliou Magno.